Home
Empresa
Produtos
Galeria
Notícias
Contactos
Notícias » Imprensa
Sic Noticias - Uniko investiu 1 ME
Investe um milhão de euros numa fábrica de bombas de calor aerotérmicas.
13 Junho 2011 - A Uniko, com sede em Póvoa de Varzim, investiu um milhão de euros numa fábrica de bombas de calor aerotérmicas, a "primeira" do ramo em Portugal, divulgou hoje a empresa.

Em comunicado, a empresa acrescenta que o seu plano estratégico trienal prevê um crescimento gradual no volume de negócios daquele produto, atingindo o meio milhão de euros em 2013.

Amigas do ambiente, as bombas de calor aerotérmicas ar-água são uma solução de energia renovável para climatização do ar (arrefecimento e aquecimento) e para aquecimento de águas sanitárias.

Com um investimento inicial de um milhão de euros, o plano estratégico trienal da Uniko prevê um crescimento gradual no volume de negócios deste produto, atingindo o meio milhão de euros em 2013.

"Existem actualmente algumas incertezas no que concerne ao futuro da nossa economia por força da intervenção do FMI e da UE e com a formação do novo Governo, no entanto, e dada a sua qualidade e características funcionais, mantemos uma expectativa muito favorável na comercialização deste produto não só no mercado doméstico, como a nível internacional", refere Dilen Ratanji, director-geral da Uniko, acrescentando: "Acreditamos claramente que as bombas de calor aerotérmicas tornar-se-ão, num futuro próximo, um dos produtos com maior relevo no mercado, devido à utilização de energia ecológica gratuita, reduzidas despesas de exploração e elevada eficiência energética".

Para arranque do projecto, a empresa criou cinco novos postos de trabalho e tem mais três engenheiros alocados ao desenvolvimento do produto, assim como desenvolveu parcerias com empresas nacionais e internacionais para fornecimento de peças de reconhecida qualidade.

adicionado a 18.07.2011
Sabia que
Os sistemas de bomba de calor inserem-se no âmbito das energias renováveis beneficiando vantagens fiscais (IVA)?
Contacto / Suporte
Newsletter
Subscreva a nossa newsletter: